Por conveniência é comum chamarmos os modeladores em geral de pomadas. Não está errado. Mas na verdade elas podem ter a consistência de pasta, cera, argila e até em pó. Vamos lá então para as explicações:

Pomadas: São de diversas cores e  podem ter uma certa transparência. Geralmente são à base de água. São fáceis de aplicar e espalhar no cabelo. Tem uma consistência intermediária entre a pasta e a cera. Geralmente são produtos de efeito molhado

Cera/Clay/Argila: Geralmente possui uma consistência rígida e grossa. Para aplicar no cabelo é necessário colocar nas mãos ou dedos e esfregar para fazer atrito. Esse processo vai deixar o produto mais “mole” e fica melhor de ser aplicado.  

É indicado aplicar no cabelo pouco úmido. Ao ter o contato com a água,  ela se expande, e é daí que você obtém o volume. Por isso é um produto indicado para quem tem cabelos finos ou ralos. Geralmente as ceras e argilas conta com efeito matte. O ponto negativo é a remoção, que não é tão simples quanto as pomadas e pastas.

Pastas: Podem ser de efeito molhado ou matte. Elas contam com uma forma mais pastosa. A fórmula é um pouco mais seca do que a pomada mais tradicional.  Elas são fáceis de ser aplicadas e também de remover. Geralmente, as pastas possuem fixação média e deixam o cabelo mais flexíveis,

Pó: Sim, elas existem. São muito indicadas para quem tem cabelo fino ou ralo. Ao aplicar, o pó deixa o cabelo mais seco e firme, proporcionando volume.